Gpws

GPWS - Ground Proximity Warning System

Proporcionando Vôos Mais Seguros…

O GPWS (Ground Proximity Warning System, que não deve ser confundido com GPS = Global Positioning System) em si é um sistema que existe usualmente nos jatos modernos que proporciona uma série de avisos sonoros quando em situações anormais e/ou perigosas próximas ao solo, além de fornecer chamadas de altitude na aproximação/pouso. Sua finalidade primordial é a prevenção de acidentes causados por CFIT (Controlled Flight Into Terrain).

Mensagens do GPWS

Razão de descida excessiva: “SINK RATE!”

Este alerta é armado próximo ao solo. Normalmente é ouvido nas aproximações. Quando acontece, deve-se reduzir a razão de descida o quanto antes, caso contrário é provável que ele também alerte “WHOOP WHOOP – PULL UP!”

Aproximação com o solo excessiva: “TERRAIN! TERRAIN!”

Este alerta também é armado próximo ao solo, conforme a configuração da aeronave, velocidade, rádio-altura e razão de aproximação com o solo. É ouvido quando a razão de descida em relação ao solo está bastante elevada. Deve-se reduzir a razão de descida o mais rápido possível, caso contrário é provável que ele também alerte “WHOOP WHOOP – PULL UP!”

Perda de altitude após decolagem ou arremetida: “DON’T SINK!”

Este alerta é armado após a decolagem ou na arremetida quando se recolhe o trem de pouso ou os flapes abaixo de determinada rádio-altura. Acontece quando se perde muita altura. Deve-se obter, então, razão de subida positiva o quanto antes. Ele é desarmado se o trem e flapes forem estendidos em configuração de pouso.

Altura não segura com trem de pouso não baixado e travado: “TOO LOW TERRAIN!” / “TOO LOW GEAR!”

Este alerta é armado abaixo de determinada rádio-altura e trem de pouso não baixado e travado, conforme a velocidade da aeronave. Se acontecer deve-se subir para uma altitude de segurança e checar a configuração de pouso.

Altura não segura com flapes fora da configuração de pouso: “TOO LOW TERRAIN!” / “TOO LOW FLAPS!”

Este alerta é armado abaixo de determinada rádio-altura e flapes fora da configuração de pouso, conforme a velocidade da aeronave. Se acontecer deve-se subir para uma altitude de segurança e checar a configuração de pouso.

Abaixo da rampa de planeio ideal de ILS: “GLIDE SLOPE!”

Se ultrapassar determinado dot (no indicador de GS) abaixo da rampa de planeio ideal de uma aproximação ILS e estiver abaixo de determinada rádio-altura este alerta será ouvido. Deve-se então ficar atento à altitude e à razão de descida.

Ângulo de inclinação lateral excessivo: “BANK ANGLE!”

Se ultrapassar determinado ângulo de rolamento (normalmente de 35 a 40 graus) este alerta será ouvido. Deve-se então ficar atento à atitude. Em geral, abaixo de 150 pés de altura o ângulo limite diminui progressivamente.

Chamadas de altura de rádio altímetro:

Serão ouvidas as seguintes chamadas em todas as aproximações (poderão ser ouvidas também, dependendo do sistema presente, as chamadas de 2500 pés “TWENTY FIVE HUNDRED!” e 1000 pés “ONE THOUSAND!”):
“FIVE HUNDRED!” Cruzando 500 pés AGL
“TWO HUNDRED!” Cruzando 200 pés AGL
“ONE HUNDRED!” Cruzando 100 pés AGL
“FIFTY!” Cruzando 50 pés AGL (Normalmente a cabeceira)
“FOURTY!” Cruzando 40 pés AGL
“THIRTY!” Cruzando 30 pés AGL
“TWENTY!” Cruzando 20 pés AGL (Normalmente o arredondamento)
“TEN!” Cruzando 10 pés AGL

Chamada de altura de decisão (DH): “MINIMUMS! MINIMUMS!”

Na aproximação final, quando a altura de decisão pré-selecionada é atingida se ouve o alerta “MINIMUMS! MINIMUMS!”. Após este ponto, caso não se tenha visão da pista/luzes de aproximação ou não se esteja com o avião estabilizado para a aterrissagem deve-se arremeter. Dependendo do sistema presente, antes de a DH ser atingida é ouvido o alerta “APPROACHING MINIMUMS!”.

Advertência de tesoura de vento (windshear): “WINDSHEAR! WINDSHEAR! WINDSHEAR!”

Este alerta é armado abaixo de determinada rádio-altura e acontece quando se encontra uma windshear de performance decrescente. Quando é ouvido deve-se imediatamente acelerar levando as manetes até o batente, manter a configuração atual da aeronave e procurar o melhor ângulo de arfagem com o fim de obter máxima razão de subida positiva, ou ao menos manter a altitude atual.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License